Anúncios

Edição Atual

v. 46 n. especial 7 dez (2022): Políticas e práticas de cuidado em HIV/Aids: diálogos interdisciplinares
Saúde em Debate v. 46, n. especial 7, DEZ. 2022 - Políticas e práticas de cuidado em HIV/Aids: diálogos interdisciplinares

Com imenso prazer, a revista ‘Saúde em Debate’ lança seu número especial ‘natalino’ Políticas e práticas de cuidado em HIV/Aids: diálogos interdisciplinares, aproveitando para desejar a seus colaboradores (pareceristas, editores, autores, revisores e tradutores) um 2023 com esperanças renovadas e pleno de Saúde Universal, Integral, Equitativa e Democrática. E que venham mais conquistas editorias!

Trechos da Apresentação do número especial assinada pelos editores científicos: “A publicação que temos em mãos resultou do encontro de um conjunto de pesquisadores e profissionais de saúde de várias instituições de ensino e pesquisa com objetivo de conhecer, reunir e visibilizar pesquisas acadêmicas e análises de experiências sobre o cuidado em HIV/Aids no contexto atual. [...] pensamos em um conjunto de perguntas que esperávamos serem tratadas com a publicação deste número: O que é cuidado em HIV/Aids? Em que espaços se produz cuidado? Que atores formam parte desse construto? Como os cuidados em HIV/Aids têm sido produzidos em diferentes contextos brasileiros? Como se relacionam ao acesso das pessoas às redes e aos serviços de saúde? Que marcadores sociais e eixos de análise são importantes em uma análise sobre o cuidado em HIV/Aids? (Gênero? Identidade e orientação sexual? Classe? Cor/raça/etnia? Religião? Idade? Corpo? Sexualidade? Tecnologias? Gestão? Processos de trabalho? Outros?). Que/como políticas ensejam o cuidado em HIV/Aids? Como as experiências de pessoas/sujeitos/indivíduos/usuários/pacientes se articulam nessas tramas? [...] É oportuno registrar que iniciamos a produção deste número temático em um momento de ameaça à democracia e à ciência, e que este projeto, com todos os desdobramentos que teve, incluindo a produção desta coletânea, alimentou-nos e contribuiu para as nossas resistências cotidianas por muitas vezes. Finalizamos o processo após as eleições presidenciais que elegeram Luiz Inácio Lula da Silva Presidente da República, e depositamos nesta atual conjuntura esperança e expectativas de mais investimentos na área da saúde, na retomada da participação da sociedade civil organizada, nos recursos para as universidades, na produção de conhecimento movida à reconstrução e à retomada do projeto de reforma sanitária. Publicá-lo na revista do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) é, para nós, motivo de imensa alegria.”

Temas abordados: atenção primária e especializada em cenário de descentralização de cuidados em HIV/Aids; Pessoas Vivendo com HIV/Aids na Atenção Primária à Saúde na cidade do Rio de Janeiro; Aids e prevenção: projetos sociais com jovens no Rio de Janeiro; sexualidade, sociabilidade, trabalho e prevenção do HIV entre populações vulneráveis na pandemia da Covid-19; sofrimento de mulheres que vivem com HIV; homens com práticas homossexuais e prevenção do HIV na Região Metropolitana do Recife; solidariedade política entre travestis e mulheres trans no acesso ao cuidado em saúde e à prevenção ao HIV; Política sexual e ativismo de HIV/Aids: a experiência da Loka de Efavirenz; mulheres jovens que nasceram com HIV: comunicação da soropositividade aos parceiros; profissionais de linha de frente da saúde sobre HIV e juventudes; interrogando os discursos na oferta da Profilaxia Pós-Exposição (PEP); profilaxia Pós-Exposição sexual no Sistema Único de Saúde: cuidados possíveis na prevenção do HIV; instrumento para avaliação do cuidado a prisioneiros que vivem com HIV/Aids; políticas e práticas de cuidado em HIV/Aids; prevenção ao HIV na 5ª década da epidemia; gestão biopolítica da Aids: a homossexualidade como fonte de periculosidade social; crianças e jovens vivendo com HIV/Aids; cronicidade do viver com HIV/Aids na infância, adolescência e juventude; Relatos sobre um livro com experiências de estigma/discriminação de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS no Brasil; políticas de HIV/Aids, ativismo e antropologia: conversando com Richard Parker.

Publicado: 2022-12-23

Edição completa

Ver Todas as Edições