Promoção de Saúde Bucal no trabalho em áreas rurais: ecos de cirurgiões-dentistas

Autores

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde. Promoção da Saúde. Saúde da População Rural.

Resumo

Estudo compreendeu o trabalho dos cirurgiões-dentistas da Estratégia Saúde da Família, na perspectiva da Promoção da Saúde Bucal (PSB) em território rural. Trata-se de uma investigação transversal e qualitativa. Quatorze profissionais que atuavam em equipes de saúde bucal rurais do estado da Paraíba foram selecionados pela técnica da bola de neve. A coleta dos dados foi realizada a partir de entrevistas semiestruturadas. Para compreensão e sistematização dos dados, adotou-se a análise de conteúdo temática. O referencial teórico condutor considerou pilares, valores e princípios da Promoção da Saúde (PS). As narrativas revelam conceitos imprecisos de PS, restringindo-os às atividades de prevenção aos agravos bucais. Existem potencialidades e fragilidades nas ações de PSB em áreas rurais. Há desigualdades quanto às unidades de apoio e existem populações rurais sem qualquer assistência aos serviços especializados de saúde bucal. Observou-se envolvimento dos profissionais nas práticas campanhistas e nas metas com gestantes. Existem dificuldades na formação de grupo, e as ações intersetoriais são praticamente resumidas à parceria entre saúde/educação. As realidades são discrepantes frente ao apoio da gestão. Os discursos apontaram para ações de PSB capazes de produzir autoestima e melhorar a qualidade de vida, pautadas na integralidade e nos valores da solidariedade e humanização.

Downloads

Publicado

2024-04-03

Como Citar

1.
Paredes S de O, Forte FDS, Dias MS de A. Promoção de Saúde Bucal no trabalho em áreas rurais: ecos de cirurgiões-dentistas. Saúde debate [Internet]. 3º de abril de 2024 [citado 21º de junho de 2024];48(140):e8604. Disponível em: https://revista.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/8604

Edição

Seção

Artigo Original