O impacto do bolsonarismo na cobertura vacinal de Covid-19 em municípios brasileiros

Autores

Palavras-chave:

Cobertura vacinal, Vacina Covid-19, Programas de imunização, Atitude frente a saúde, Ideologia

Resumo

A campanha de imunização contra a Covid-19 foi iniciada no Brasil em janeiro de 2021 após forte
pressão da sociedade sobre o governo federal, que havia criado uma série de empecilhos ideológicos às vacinas, sobretudo as produzidas com insumos chineses. Este artigo analisa o impacto da ideologia de extrema direita na distribuição espacial da cobertura vacinal contra Covid-19 nos municípios brasileiros. Por meio de modelos hierárquicos multiníveis de dois estágios identificou-se que, mantidas constantes as características sociodemográficas e as estruturas do Sistema Único de Saúde, o grau de bolsonarismo nos municípios impactou negativamente as taxas de cobertura da primeira, da segunda e, especialmente, da terceira dose da vacina. 

Downloads

Publicado

2023-12-03

Como Citar

1.
Peixoto V de M, Leal JGRP, Marques LM. O impacto do bolsonarismo na cobertura vacinal de Covid-19 em municípios brasileiros. Saúde debate [Internet]. 3º de dezembro de 2023 [citado 24º de julho de 2024];47(139):806-17. Disponível em: https://revista.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/8398

Edição

Seção

Artigo Original