Capacitação para o controle da hanseníase: avaliação e contribuições para a gestão

Autores

Palavras-chave:

Avaliação em saúde. Hanseníase. Capacitação em serviço. Grupos focais.

Resumo

Este estudo tem o objetivo de apresentar a avaliação de um projeto de capacitação em serviço para profissionais de saúde nas ações de prevenção e controle da hanseníase, problematizando o modelo de avaliação adotado, com foco na utilização para a gestão em saúde. Foi realizada uma avaliação ex-post em 18 municípios prioritários brasileiros participantes das capacitações. Empregou-se a estratégia Rapid Evaluation Methods (REM), priorizando: a) abordagem colaborativa; b) técnicas qualitativas; e c) enfoque conceitual da translação do conhecimento. Foram realizadas 24 entrevistas grupais, envolvendo 278 participantes. A abordagem de ensino em serviço foi importante para revalorização das ações de prevenção e controle da hanseníase e para conferir um lugar privilegiado de discussão técnica, de reflexão e de mudanças na atenção primária e em sua relação com a especializada. Conclui-se que o modelo de avaliação possibilitou que as controvérsias e convergências surgissem, assim como as recomendações para ajustes da intervenção junto à gestão em tempo oportuno.

Downloads

Publicado

2023-05-28

Como Citar

1.
Cardoso GCP, Santos EM dos, Oliveira EA de, Abreu MA de, Souza MS e, Soares B da C, Coriolano CRF. Capacitação para o controle da hanseníase: avaliação e contribuições para a gestão. Saúde debate [Internet]. 28º de maio de 2023 [citado 21º de junho de 2024];47(137 abr-jun):90-100. Disponível em: https://revista.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/7985

Edição

Seção

Artigo Original