Organização da Atenção Primária à Saúde em um município rural remoto do norte do Brasil

ORGANIZACIÓN DE LA ATENCIÓN PRIMARIA DE SALUD EN UN MUNICIPIO RURAL REMOTO DEL NORTE DE BRASIL

Autores

  • Karina Vasconcelos Rodrigues Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Patty Fidelis de Almeida Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Lucas Manoel da Silva Cabral Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj)
  • Márcia Cristina Rodrigues Fausto Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde. Acesso aos serviços de saúde. Saúde da população rural. Ecossistema amazônico. Brasil.

Resumo

O objetivo do artigo é caracterizar a organização da Atenção Primária à Saúde (APS) e suas interfaces com os demais serviços da rede assistencial em um Município Rural Remoto (MRR). Foi realizado estudo de caso único em Assis Brasil/AC, por meio de entrevistas com usuários, gestores e profissionais de saúde. Os resultados indicaram distribuição desigual de estabelecimentos de saúde com áreas descobertas; dificuldades de acesso por condições climáticas; barreiras econômicas para custeio de transporte; promoção de ações itinerantes na zona rural; descontinuidade e insuficiência de medicamentos; dificuldades para a fixação de profissionais; escassez de recursos tecnológicos; falta de acesso à internet; necessidade de adaptação cultural; concentração de serviços especializados do SUS na capital. Foram identificados esforços da gestão local para manutenção da Estratégia Saúde da Família (ESF) e adequação dos processos de trabalho para atendimento ao grande fluxo de demanda espontânea, estrangeiros e população indígena. Argumenta-se que MRR e suas populações somam vulnerabilidades econômicas, sociais e de acesso aos serviços de saúde, parcialmente atendidas pelas políticas nacionais e que o ente municipal, sem o suficiente apoio e aporte de recursos estadual e federal mantém arranjos possíveis para a provisão de APS, nem sempre afeitos aos princípios abrangentes da ESF.

Downloads

Publicado

2022-06-07

Como Citar

1.
Rodrigues KV, Almeida PF de, Cabral LM da S, Fausto MCR. Organização da Atenção Primária à Saúde em um município rural remoto do norte do Brasil: ORGANIZACIÓN DE LA ATENCIÓN PRIMARIA DE SALUD EN UN MUNICIPIO RURAL REMOTO DEL NORTE DE BRASIL. Saúde debate [Internet]. 7º de junho de 2022 [citado 29º de novembro de 2022];45(131 Oct-Dec):998-1016. Disponível em: https://revista.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/5730

Edição

Seção

Artigo Original