Atuação das equipes de Atenção Primária à Saúde no teste rápido para Infecções Sexualmente Transmissíveis

Autores

  • Tulio Cesar Vieira de Araujo Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
  • Marize Barros de Souza Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde. Infecções Sexualmente Transmissíveis. HIV. Sífilis. Prática profissional.

Resumo

A pesquisa objetiva descrever a prática profissional das equipes de atenção primária no que se refere à adesão ao teste rápido para as infecções sexualmente transmissíveis. Estudo descritivo com abordagem quantitativa. Participaram 18 municípios, 94 Unidades Básicas de Saúde e 100 equipes de Estratégia de Saúde da Família, a amostra foi composta pelo gestor das unidades e pelo profissional diretamente envolvido na testagem, as variáveis envolveram a adesão aos testes e os fatores relacionados com o processo de testagem, a coleta de dados ocorreu in loco com instrumento semiestruturado. O teste rápido é oferecido por 93% das equipes, 78,5% oferecem a quaisquer usuários. Em 89,2% das equipes somente o enfermeiro coletava o teste, 55,9% não se sentem seguros de informar um resultado positivo, 63,1% dos que classificaram o agente comunitário de saúde como principal forma de divulgação julgaram esta atuação como inadequada. O tratamento para sífilis é realizado por 50,5%. Há uma boa adesão ao teste por parte das equipes, contudo, a centralidade da atividade no enfermeiro leva a uma sobrecarga de trabalho, ao mesmo tempo que revela o protagonismo da categoria, o que proporciona uma reflexão sobre a prática profissional e abre espaço para que diferentes realidades sejam investigadas.

Publicado

2022-06-07

Como Citar

1.
Araujo TCV de, Souza MB de. Atuação das equipes de Atenção Primária à Saúde no teste rápido para Infecções Sexualmente Transmissíveis. Saúde debate [Internet]. 7º de junho de 2022 [citado 29º de novembro de 2022];45(131 Oct-Dec):1075-87. Disponível em: https://revista.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/5639

Edição

Seção

Artigo Original