Atributos da atenção primária na saúde fluvial pela ótica de usuários ribeirinhos

Autores

  • Maura Cristiane e Silva Figueira Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Wellington Pereira da Silva Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Dalvani Marques Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Jennifer Bazilio Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Jessica de Aquino Pereira Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Maria Filomena Gouveia Vilela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
  • Eliete Maria Silva Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde. Avaliação em saúde. Estratégia Saúde da Família. Política de saúde. Serviços de saúde. Serviços de saúde rural.

Resumo

Estudo com objetivo de avaliar os atributos da Atenção Primária na estratégia saúde da família Fluvial na perspectiva de usuários ribeirinhos. Trata-se de uma pesquisa transversal e quantitativa, com dados coletados por meio do Primary Care Assessment Tool adultos versão reduzida com 342 participantes nas comunidades. As análises foram pelos softwares Statistical Analysis System versão 9.4 e o Statistical Package for the Social Sciences versão 22. Nos resultados o atributo melhor avaliado foi coordenação-sistema de informações (8,95) e o pior foi orientação comunitária (2,51). Os atributos afiliação, coordenação-integração dos cuidados, integralidade-serviços disponíveis e prestados tiveram resultados insatisfatórios. As melhores avaliações dos atributos ocorrem em locais em que existem unidades de saúde fixas. O estudo mostra importantes considerações para o arranjo assistencial de equipes saúde da família fluvial, subsidiando políticas públicas para implantação e implementação de outras formas de assistência que alcancem as populações mais vulneráveis como no contexto ribeirinho.

Publicado

2022-06-30

Como Citar

1.
Figueira MC e S, Silva WP da, Marques D, Bazilio J, Pereira J de A, Vilela MFG, Silva EM. Atributos da atenção primária na saúde fluvial pela ótica de usuários ribeirinhos. Saúde debate [Internet]. 30º de junho de 2022 [citado 12º de agosto de 2022];44(125 abr-jun):491-503. Disponível em: https://revista.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/3017

Edição

Seção

Artigo Original