Monitoramento do Desempenho da Gestão da Vigilância em Saúde: análise dos usos e da influência

Autores

  • Gisele Cazarin Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip)
  • Yluska Almeida Coelho dos Reis Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE)
  • Juliana Martins Barbosa da Silva Costa Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Monik Silva Duarte Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE)
  • Luciana Caroline Albuquerque Bezerra Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE)

Palavras-chave:

Monitoramento. Avaliação em saúde. Vigilância em saúde pública. Gestão em saúde.

Resumo

O monitoramento e a avaliação vem despontando crescente interesse nas organizações de saúde. Para que esses processos possam qualificar o desempenho faz-se necessário analisar sua utilidade. Utilizou-se a experiência de monitoramento do desempenho da gestão da Vigilância em Saúde (VS), proposto pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Pernambuco. O objetivo foi analisar seu uso e influência baseado nas dimensões: credibilidade, pertinência, fundamentação teórica e capacidade institucional. Trata-se de um estudo exploratório. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com 21 informantes-chave, além de revisão de documentos. Calcularam-se a média e o respectivo desvio padrão das categorias de análise. Houve boa incorporação do referido monitoramento com contribuição na aprendizagem organizacional. O processo apresentou legitimidade, estando integrado à agenda política da VS. Por outro lado, houve ênfase nas fragilidades; dificuldades de integração e divulgação externa dos resultados.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

1.
Cazarin G, Reis YAC dos, Costa JMB da S, Duarte MS, Bezerra LCA. Monitoramento do Desempenho da Gestão da Vigilância em Saúde: análise dos usos e da influência. Saúde debate [Internet]. 30º de junho de 2022 [citado 12º de agosto de 2022];44(125 abr-jun):427-3. Disponível em: https://revista.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/2926

Edição

Seção

Artigo Original