Fatores associados à satisfação dos usuários com a atenção à saúde bucal na Paraíba, 2014

Autores

  • Hévila de Figueiredo Pires Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Ana Maria Gondim Valença Universidade Federal da Paraíba (UFPB) https://orcid.org/0000-0001-8460-3981
  • Ane Polline Lacerda Protásio Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Nayara Pereira Limão Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Palavras-chave:

Atenção Primária à Saúde. Saúde bucal. Satisfação do paciente.

Resumo

Objetivou-se identificar os fatores associados à satisfação dos usuários com a oferta de cuidado em saúde bucal na Paraíba, a partir de dados do 2º ciclo de avaliação externa do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB). Foram analisadas, por meio de regressão logística, as respostas dos usuários que passaram por consulta odontológica com a ESB e possuíam dados completos (n=1.860). A insatisfação foi influenciada por: usuário nunca ou quase nunca ser orientado sobre os cuidados com a sua saúde bucal (OR=4,27); tempo da consulta ser insuficiente (OR=3,38); profissionais não fazerem anotações no prontuário ou ficha (OR=1,97); ESB não atender no turno da tarde (OR=1,66); horário do atendimento odontológico não satisfazer às necessidades dos usuários (OR=2,86); ESB não procurar o usuário quando este interrompe o tratamento/não comparece à consulta odontológica para saber o que aconteceu e retomar o atendimento (OR=1,59). Conclui-se que os usuários da atenção básica da Paraíba se sentem insatisfeitos, principalmente, quando não são orientados e procurados pela ESB, não recebem atendimento no turno da tarde, o horário de atendimento é incompatível com suas necessidades, o tempo de consulta é insuficiente e nela não são feitas anotações no prontuário ou ficha.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

1.
Pires H de F, Valença AMG, Protásio APL, Limão NP. Fatores associados à satisfação dos usuários com a atenção à saúde bucal na Paraíba, 2014. Saúde debate [Internet]. 30º de junho de 2022 [citado 12º de agosto de 2022];44(125 abr-jun):451-64. Disponível em: https://revista.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/2735

Edição

Seção

Artigo Original